18 de fev de 2012

EROS

Desce com a luz das montanhas…
Vem escutar comigo
A melodia no bater das asas
Das mariposas matinais

A sonoridade do mundo
A percepção fina da musica
Vibrando no peito

Nossas raízes assentes
Na terra fresca da ilha
Arvore de meigas palavras
Meio-dia de claridade única

Nenhum comentário: