11 de fev de 2012

EPITÁFIO



Este poema foi enviado por SMS, pelo meu amigo, o Poeta Arménio Vieira:
EPITÁFIO



Entre o sentir e o pensar vai rolando um comboio rumo a ultima estação, a qual que se dá o nome que me custa a pronunciar, sem que tal palavra acarrete qualquer tipo de azar ou maldição, pois que, baixado o caixão e enterrado, o silencio é quanto resta. E assim fica dito o que tentei não dizer.
Um abraço.



Arménio Vieira

Nenhum comentário: