7 de set de 2011

DESLUMBRANTE SOL QUE NASCE NO CÉU DA TUA BOCA

Nem a dimensão dos oceanos
Nem o alto das montanhas
Eis a noite de estrelas
E de
Ventos calmos, enfeitiçados
Pelo ribombar do coração

Amo-te mulher!... Oh
Felicidade tamanha!...
Amo-te neste instante
Que é a eternidade
De um beijo

Nocturno mágico
Ilha de cantos
Mulher meu mar
Navegação leve
Ondas do teu corpo

Extraordinária aurora
Teu sorriso quente
Deslumbrante sol
Que nasce
No céu da tua boca.









Nenhum comentário: