29 de ago de 2011

OS POLICIAIS PASSAM... PASSAM

Ele quebra
garrafas na praça
a velhinha
varrendo o passeio
grita…
estilhaços
saltam
ela grita
ele não para
dizem que
é filho de
boa gente
mas
seu pai
está
na prisão
os advogados
não defendem
ratos… só
defendem
ratos da fina
flor
as jovens
putas ali
na praça
fumando crack
um cabrão
frenético
numa trela
tem
um buldogue
com
gravata de
pregos
os policiais
passam
passam
nada de novo
o traficante
mata
gente
envia
anjinhos
para a
podridão
aqui na
varanda
o sol bate
é o inferno

bebo cervejas
o filme roda…






Nenhum comentário: