20 de jul de 2011

QUEM ROUBA A QUEM?



Roubam luz
afirma o director
quem rouba a quem?
moram no inferno
não existe água
para lavar miséria
um caro que vale
milhares de contos
passa pelo abismo
crianças nutridas
abanam suas mãozinhas
inocentes
lá fora
crianças brincando
na terra suja
um pelotão de moscas
nas suas narinas
alimentam do ranho
da subnutrição

um cão sarnento
e um outro
com tumor
na garganta
no seu ultimo folgo
tenta em vão
morder as rodas
do luxuoso carro
4 rodas que
no mercado paralelo
dava para alimentar
o inferno
durante dias
os ricos vivem na sua
os pobres vivem na sua
o ódio vive passeando

tiros de pistola
metrificam
violência
o crak carrega
meninos ao paraíso
vejo Maria
saindo
de uma casa
de lata
rainha da noite
cheia de batom
perfume chinês
cheira a barata
vende seu corpo
por tuta e meia
abençoada democracia
todos iguais
uns mais iguais
é a luz que apaga
no coração
dos homens
eis a minha lanterna
abanando no deserto.

Um comentário:

mrvadaz disse...

E, mesmo assim, ninguém sai da casa para protestar. Aqueles protestaram, difamaram-nas, acusaram-nas de estar associado à oposição!