23 de mai de 2011

POETAS E POLITICOS



A poesia abre portas da fantasia
Com versos

Os políticos fecham portas
Na obscuridade do poder

Pássaros de luz
Na linha da poesia

Pássaros dementes
Suas asas de chumbo
Em carvão queimando

Nenhum comentário: