19 de mai de 2011

DOS POEMAS : EROS



Sai da carcela meu barco
Vibram ondas em teu corpo
Cheirando alecrim

Teus gemidos em brasa
Minhas mãos mareando

Tua púbis de plumas
Tua montanha de Vénus

Tuas pálpebras pintadas
Teus pés de fina seda

Tua coxa africana de rainha
Mexendo num oceano imenso
De beijos.

Nenhum comentário: