11 de abr de 2011

SAUDADE

Hoje senti saudade, dos meus amigos Vivos e mortos! … Dos vivos, na sua solidão… que só a eles pertence. Dos mortos… que, na sua eterna solidão, deixaram no búzio da minha lembrança, palavras de amizade, sabedoria e conforto. Meu navio entre borrascas e inquietações atravessa o imenso oceano da alma… Hoje, senti saudades das minhas amantes perdidas, belas nuvens que atravessaram a ilha… seus cheiros a canela, seus beijos de alecrim… Hoje, senti saudade dos meus amigos vivos e mortos… e tu, a meu lado, mais distante do que esta profunda saudade!...

Nenhum comentário: