10 de abr de 2011

NESTE UNIVERSO QUE É A ILHA

Neste universo que é a ilha, Frágil pétala é a palavra, Derrota e esperança, Imenso oceano de amor e dor… Ilha agonizada, Cinzas! … Pálpebras de solidão; Dédalo sem saída, Poesia perdida, Varrido na poeira Do tempo.

Nenhum comentário: