16 de dez de 2010

O BAILE


O Baile:

Sombra da noite,
Mascara de porcelana
Estilhaçada…

A neve cai …

Leque de colombina
Repousa nos ombros
De um príncipe triste

Leoa de ebúrneo jade,
Dorme num jardim celestial,
Iluminada por candelabros de rosas

A lua com sua obliqua luz,
Afugenta a sombra...


Um clavicórdio, uma sonata,
A musica …

Baile de despedida,
Beijo fugaz…

Nenhum comentário: