1 de set de 2010

QUE SEI EU SOBRE GALÁXIAS?


Que sei eu sobre galáxias e mundos inatingíveis?…
Sobre mim, sei que sou célula desfragmentando,
A metafísica não me inquieta, a morte, fim da viagem

Observo a maravilha de uma flor na rocha abanando
Pedras gizadas pelo vento, deitadas no deserto,
Mil voos de um pássaro, em espirais de oxigénio,
Vozes de crianças cantando, num espaço de mariposas…

Como flutua a terra no espaço?... Newton acendeu a lanterna,
Fogo é o caminho no conhecimento dos homens… Arte,
Carroça de luz, atravessando o milagre dos dias…


A vida, um rio que nasce no sagrado ventre das mulheres,
Água que corre para a jusante das palavras perdidas
Margens, portos de trevas e brilho,
Memória, domicílio de bardos
Narrando a odisseia dos homens

Que sei eu sobre galáxias e mundos perdidos,
Enxame de pérolas que são as estrelas no universo?...


Célula desfragmentando,
Viagem fascinante
Fim da viagem é a morte.



Nenhum comentário: