25 de mar de 2009

Terrivel orgia de vampiros



Terrível orgia de vampiros
E Gurus do F M I
Na prevaricação plutocrata

Cabo Verde Tele (come) oferecendo papas
Aos meninos da ilha de madeira, Jaida
Engenhando aguas divinas, e,
Jesus Cristo, segundo a Igreja do Reino de Deus,
Descendo dos céus, para lavar os
Pés dos ociosos na rua de Canecadinha.
Ho Franz Kafka!
É proibido sonhar?
Este país é uma cadeira eléctrica de
Burro(cratas,) e,
É urgente poetas, irmos brindar no areal da praia do Norte,
Daquilo que resta, do Arco da poesia.

Quiçá possamos ver a ultima baleia Jubarte,
E atirar garrafas ao mar com mensagens de Solidariedade,
Aos últimos lagartos do ilhéu Raso.

Ultimas notícias divulgam, que um político vendeu, as nossas salinas em Pedra de Lume

2 comentários:

moreia disse...

"Sous l'arche de l'entrée, le juste se regarde à l'oeil nu". C.F.

Obrigado por este espaço de poésia Tchalê...

Abrx

moreia

Tchale Figueira disse...

Amigo Moreia aquele abraço.

Tchale