24 de jan de 2012

OHMAR KAYYAM

Na estação das rosas procuro um campo florido
e sento-me à sombra com uma linda mulher;
não cuido da minha salvação: tomo o vinho
que ela me oferece; senão, o que valeria eu?


Nenhum comentário: