15 de jul de 2011

DA MINHA JANELA...



Da minha Janela…

Chão molhado
cheiro a terra
bosta de galinha
uma lagartixa verde
papado por um galo

Na janela dos vizinhos
gemidos de prazer hora da sesta
mandaram as crianças brincar
Imitando seus pais
Vão aos currais sodomizar bichos…

no topo da colina dragão
um cavalo pastando
o azul celeste
um aborígene
pintado de ocre
tem estrelas
desenhadas no corpo
entoa cantos
do começo do mundo

é um relâmpago!...

Passam duas mulheres
de chocolate e ébano
giro a cabeça
suas bundas perfeitas
saracoteando
com água na boca
engulo saliva
dobram a esquina
PORRA!... Lá vai o sonho!


Nenhum comentário: