27 de abr de 2010

POEMA ECO


No lado feio do Mundo

Não vou
Ver o mar…

Nem velas triangulares,
Nem conchas
Apodrecidas…

Coitada da águia rainha! Vive
Internada num hospício,
Tem voos cancelados ,


E, aquela mancha de crude
Assassina, ultrajando
Um cavalo-marinho.


Nenhum comentário: