22 de mar de 2009

Poema do livro POEMAS DE AMOR todavia por editar

Prazer no corpo alcova e dedos
Magma vulcânica basaltos seios

Desço o teu rio selva em gozo
Templo ardendo concha bem quente
Cálidos teus lábios mel de damasco

Rosa em cio savana grande
Eixo das coxas perfeito arco
Amor no ar casa sem dor.

Nenhum comentário: